Os 5 melhores sites para conseguir uma vaga de emprego.

Sem dúvida, foi-se o tempo em que procurar emprego significava imprimir o currículo, colocá-lo na pastinha colorida e ir para o centro da cidade visitar as agências de recrutamento.

Hoje, esse processo conta com uma forte presença online: os candidatos cadastram seus currículos em sites de emprego e são recrutados ali mesmo, recebendo os convites para as entrevistas por e-mail ou por telefone!

Mas como funcionam esses sites? Eles são confiáveis? Quais são as diferenças entre eles? Para responder essas perguntas e ajudar você a se preparar para o mercado de trabalho, no post de hoje listamos os dez melhores sites de emprego.

Há opção para todo mundo: sites pagos, gratuitos, ou com foco em uma determinada área. Então, é só selecionar o seu e encontrar o seu espaço no mercado profissional! Vamos lá?

1. Catho

Catho é uma empresa pioneira no segmento de busca por vagas de emprego e recrutamento online. Para isso, ela oferece uma grande diversidade de ferramentas que ajudam o candidato a se posicionar melhor no mercado de trabalho. Entre essas ferramentas, destacamos:

Aviso personalizado de vagas

O interessado escolhe a área de atuação, a distância máxima das vagas (a partir da sua casa) e a frequência dos e-mails, além de estabelecer um limite mínimo de salário que deseja receber. Assim, as vagas com esse perfil delimitado são direcionadas para o seu e-mail, periodicamente.

Consultores virtuais para orientação

Os consultores virtuais da Catho estão sempre a postos para tirar dúvidas sobre o mercado de trabalho, sobre uma vaga específica ou sobre a organização do currículo.

Cursos rápidos

Quem assina a Catho também tem à disposição 55 cursos nas áreas de Desenvolvimento Gerencial, Desenvolvimento Financeiro, Marketing e Vendas, Recursos Humanos, Operações, Desenvolvimento Profissional e Educação!

2. SINE

Site Nacional de Empregos é uma plataforma online de classificados de empregos a nível nacional, e totalmente gratuita. Com ela, é possível filtrar as vagas por cidade, estado e função, além de consultar a média salarial para cada cargo antes de se candidatar.

Outro diferencial importante é a possibilidade de receber alertas de vagas em aberto por e-mail. Depois de cadastrar o currículo, o candidato deve selecionar as áreas de maior interesse para receber as mensagens diariamente.

É importante frisar, contudo, que o site foi desenvolvido pelo Banco Nacional de Empregos, e não tem relação com o Sistema Nacional de Emprego do Ministério do Trabalho e Emprego.

3. Vagas

Vagas também é um site de emprego 100% gratuito: empresas de todo o país disponibilizam os seus processos seletivos por ele, sem que o candidato precise pagar por isso. E também permite o recebimento de mensagens por e-mail, ainda que sem a possibilidade de muita personalização.

Grosso modo, entre as vantagens do portal, está o fato de que a maioria das posições disponibiliza seus respectivos testes pelo próprio site, o que facilita o processo tanto para o candidato quanto para o recrutador.

4. Emprego Ligado

Outro dos melhores sites de emprego é a plataforma Emprego Ligado, que também opera em um aplicativo para Android e por meio de mensagens SMS.

Seu funcionamento é bastante simples: após preencher o cadastro, o candidato já começa a receber avisos de vagas em aberto em diversas áreas, de telemarketing a vendas, limpeza, varejo e indústria.

O serviço é gratuito e a tecnologia de geolocalização utilizada garante que os interessados recebam avisos sobre as oportunidades mais próximas de sua casa. O que ainda reflete em diminuição de faltas e atrasos, funcionários mais motivados e economia com vale-transporte — ou seja, bom para a empresa e para o candidato.

5. InfoJobs

Podemos dizer que o InfoJobs se assemelha com a Catho e com o Vagas, pois pode ser utilizado tanto por assinantes quanto por não assinantes. Quem não assina, entretanto, acaba não tendo a oportunidade de se candidatar a todas as vagas, o que pode atrasar a recolocação no mercado.

Entre as vantagens do InfoJobs, está a possibilidade de o candidato — assinante ou não — conseguir ver a sua colocação nos processos seletivos. É possível ainda ver a média de idade dos candidatos, assim como de escolaridade, fluência em idiomas e outros temas.

6. Curriculum

Um dos maiores portais de emprego no país, o Curriculum conta com uma grande oferta de vagas para as quais os interessados podem se candidatar gratuitamente. Mas o seu diferencial, de fato, são as ferramentas pagas que podem acelerar uma possível contratação.

Por meio do pagamento de uma taxa simples, o candidato pode:

  • destacar o seu currículo em meio aos de outros interessados;
  • melhorar seu currículo após uma análise detalhada para aumentar o interesse dos recrutadores;
  • ser direcionado às vagas que melhor se enquadram nas suas competências e habilidades;
  • hospedar seu currículo em uma interface personalizada, que pode ser divulgada em mídias sociais e outras plataformas.

7. Trampos

Trampos nasceu no Twitter, em que divulgava os processos seletivos de empresas de Comunicação e Marketing. O seu crescimento, contudo, permitiu que ele ganhasse a sua própria plataforma, se tornando um site de emprego referência para quem deseja encontrar uma vaga nessas áreas.

Seu sistema de busca também é gratuito, mas ainda existe a possibilidade de se tornar assinante, o que oferece a vantagem do acesso às vagas com 24 horas de antecedência em relação a quem não assina.

8. Reachr

A plataforma Reachr busca organizar, de forma criteriosa, o processo de recrutamento para encontrar candidatos perfeitos para cada oportunidade em aberto no site. Entre os seus diferenciais, estão:

  • o índice de empregabilidade, que leva em consideração fatores como formação acadêmica, área de atuação e dados do perfil para comparar os candidatos;
  • o algoritmo que cruza as informações dos interessados e das empresas para direcionar os melhores candidatos para cada vaga;
  • a transparência no decorrer do processo, já que o candidato pode acompanhar cada etapa da seleção.

Além disso, a plataforma ainda oferece planos de desenvolvimento profissional, que incluem até reuniões com consultores especializados para acelerar a recolocação do candidato no mercado.

9. LinkedIn

Ora, o LinkedIn não é uma rede social? Sim — mas também é um site de emprego! E conta com uma aba chamada, justamente, de “Empregos”, em que os candidatos podem buscar oportunidades e se candidatar diretamente, enviando seus currículos por lá mesmo.

Além disso, muitos recrutadores buscam por candidatos no próprio LinkedIn. Daí a importância de ter um perfil sempre atualizado nessa rede social.

Esperamos que estes sites possam de ajudar bastante na hora de conseguir uma nova vaga de emprego. Caso conheça algum outro site interessante, deixe seu link e descrição nos comentários abaixo.

Grande abraço!

1 comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  • Gostaria muito de começar a trabalhar para pegar bastante experiência como jovem aprendiz para que eu possa me destacar bastante no mercado de trabalho