Anúncios

O programa Casa Verde e Amarela, foi criado para ficar no lugar do Minha Casa Minha Vida, ele traz novas regras que aprimoram o programa. O Casa Verde Amarela foi criado pelo atual Presidente da República Jair Messias Bolsonaro e traz inúmeras mudanças.

O programa Casa Verde e Amarela, não tem se mostrado fácil para as pessoas mais pobres, pois o programa não tem mais financiamento para as fixas de renda de até R$ 1.800 reais, ou seja, para famílias que recebem até esse valor.

No entanto o novo programa oferece verba para fazer reformas nas casas e também para regularização fundiária. Mesmo com todos esses benefícios, os brasileiros mais pobres, afirmam não conseguirem fazer o financiamento para a aquisição da casa própria, por causa do desemprego e o limite para uso do FGTS.

O intuito do programa é tornar regular cerca de 2 milhões de casa e apartamentos e oferecer melhorias em 400 mil, isso até o ano de 2024.

A regularização fundiária inclui diversas ações, como: garantir o direito de posse do imóvel das famílias que apresentam renda mensal de até R$ 5 mil.

O programa Casa Verde e Amarela é o primeiro que oferece renda para a regularização fundiária, nos municípios. Dessa forma as famílias que moravam em imóveis sem a garantia de ser proprietário poderão regularizar e se tornar donos dos mesmos.

Famílias que apresentam renda mensal no valor de até R$ 2 mil, serão selecionadas pelo poder público dos municípios, poderão fazer as melhorias necessárias, como construir um banheiro novo, fazer mais um quarto, ou mudar o telhado da casa.

Esse grupo de pessoas é o que mais necessita ter a casa própria, uma vez que, são os que vivem em situação de pobreza e necessitam pagar aluguel para ter um teto onde possa se abrigar e abrigar a sua família. Com as mudanças realizadas, o programa Casa Verde e Amarela ficou caracterizado apenas para pessoas que possuem maior renda.

Para ficar por dentro das mudanças que prejudicam as famílias carentes é preciso conhecer o que, de fato, mudou no programa. A primeira alteração feita foi a da faixa de renda para grupos, para dividir as condições para constituir o financiamento habitacional, que deve ser de acordo com a renda da família.

Como era no programa Minha Casa Minha Vida?

No programa Minha Casa Minha Vida a distribuição era feita em 4 faixas, o novo programa criado pelo presidente Bolsonaro, além de mudar o nome, também mudou a divisão que é só para três faixas de rendas. Veja abaixo como ficou comparando os dois programas:

MINHA CASA MINHA VIDA – 1º Grupo – Faixa de renda – Até R$ 1.8 mil

CASA VERDE E AMARELA – Não possui grupo para essa faixa de renda

MINHA CASA MINHA VIDA – Faixa 1,5 – Renda – Até R$ 2.6 mil

CASA VERDE E AMARELA – Renda Até R$ 2. Mil – Até R$ 2.6 mil (para o Norte e o Nordeste)

MINHA CASA MINHA VIDA – FAIXA 2 – Renda – Até R$ 4 mil

CASA VERDE E AMARELA – Faixa 2 – Renda – Até R$ 4 mil

MINHA CASA MINHA VIDA – Faixa 3 – Renda – Até R$ 4 mil

MINHA CASA MINHA VIDA – Faixa 3 – Até R$ 7 mil

CASA VERDE E AMARELA – Faixa 3 – Até R$ 7 mil

Outra mudança bem significativa entre os dois programas é que o Casa Verde Amarela, que apresenta juros diferenciados de acordo com cada financiamento. O que teve maior impacto na população carente foi ter acrescentado juros na faixa 1. Veja como era e como ficou:

MINHA CASA MINHA VIDA – grupo 1 – sem juros parcela de até R$ 270.

CASA VERDE AMARELA – Não possui esse grupo

MINHA CASA MINHA VIDA – Grupo 1,5 – Juros 5% (não cotistas do FGTS); 4,5% (cotistas do FGTS).

CASA VERDE E AMARELA – Grupo 1 -Juros 5% a 5,25% (cotista do FGTS), 4,5 a 4,75% (cotista).

MINHA CASA MINHA VIDA – Grupo 2 – Juros 5,5% a 7% (não cotista); 5% a 6,5% (cotista).

CASA VERDE E AMARELA – Grupo 2 – Juros 5,5% a 7% (não cotista); 5% a 6,5% (cotista)

MINHA CASA MINHA VIDA – Grupo 3 – Juros 8,16% (não cotista); 7,66% (cotista).

CASA VERDE E AMARELA – Grupo 3 – Juros 8, 16% (não cotista); 7,66% (cotista).

Para compensar as taxas e juros, o governo elaborou condições especiais para as duas regiões que mais apresentam pobreza no país, que são: Norte e Nordeste, que possuem juros mais baixos e condições especiais, como você pode ver no texto acima.

Esse comparativo mostra as mudanças feitas no programa do Presidente Bolsonaro, Casa Verde e Amarela, comprado ao programa do ex-presidente Lula. Algumas mudanças são bem significativas, pois agradarão a muitos e desagradarão também, a muitas pessoas.

Benefícios do programa

Mesmo com todas essas mudanças o programa Casa Verde e Amarela vem beneficiando milhares de pessoas em todo país, pois quem ainda não tinha conseguido adquirir a casa própria, hoje está podendo realizar o seu sonho.

As mudanças foram bem significativas para as faixas de renda mais baixas, que deixaram de existir, como é o caso da faixa de renda de até R$ 1.800 reais. Milhares de famílias não poderão realizar esse sonho, pelo menos por enquanto que o país enfrenta a maior crise financeira de todos os tempos, em decorrência da pandemia da Covide 19.

Milhares de pessoas ficaram desempregadas e sem condições, nem mesmo de alimentar as suas famílias, que dirá fazer um financiamento para a compra da casa própria. Ainda mais que as taxas de juros aumentaram e o valor das parcelas também.

Os brasileiros mais pobres, são os que mais sofrem com todas as mudanças, pois com o Minha Casa Minha Vida era bem melhor e o sonho da casa própria era mais palpável, ou seja, estava dentro dos seus planos com grandes chances de ser realizado.

You May Also Like

Financiamento no Casa Verde e Amarela lança taxas especiais para ESTE grupo

Anúncios Os financiamentos habitacionais estão repaginados e trazendo melhores condições para as…

Taxas e condições para financiamento do Casa Verde e Amarela mudaram

Anúncios Apesar do antigo Minha Casa Minha Vida ter sido substituído pelo…

Caixa Construção: Conheça esse financiamento para você que sonha com a casa própria

Anúncios A Caixa Econômica Federal é uma grande parceira do governo federal…